Fraude: desfalque temporário e permanente

0
970

QUESTÃO CERTA: A diferença entre os desfalques permanentes e temporários é que, no primeiro caso, o funcionário tem acesso aos ativos e aos registros contábeis da entidade.

Os desfalques podem ser temporários ou permanentes. O desfalque temporário ocorre quando um funcionário se apossa de um bem da empresa e não altera os registros da contabilidade.

QUESTÃO CERTA: Um desfalque temporário em que o empregado recebeu o dinheiro do cliente, referente a uma Duplicata a Receber por venda anterior a prazo, mas não o entregou no caixa nem registrou a operação, pode ser detectado pela: Circularização (confirmação) do saldo.

É confirmar junto ao cliente se houve ou não o pagamento por parte dele.

Desfalques Permanentes: Ocorre quando um funcionário desvia um bem da empresa e modifica os registros contábeis, é necessário que o funcionário tenha acesso aos ativos e aos registros contábeis

Advertisement

Desfalques Temporários: Ocorre quando um funcionário apropria de um bem da empresa e não altera os registros da contabilidade. Esse desfalque seria descoberto pelo confronto dos ativos existentes fisicamente como os registros contábeis.

Se um funcionário tem acesso aos REGISTROS e aos ESTOQUES, esse conseguirá subtrair algum BEM do Estoque e concomitantemente alterar os registros, em função disso o desfalque se tornará PERMANENTE. Entretanto se alguém subtrair algum bem do ESTOQUE ao confrontar com os REGISTROS o furto será identificado. Em função disso um funcionário não deve ter acesso aos ESTOQUES e REGISTROS.