Estrutura Organizacional – O Que É Estrutura Em Rede?

1
5521

A estrutura em rede começa a surgir como partes de organizações, principalmente em empresas de tecnologia. Nessa estrutura inexiste o conceito de hierarquia formal e o trabalho é feito em equipe, onde existe a ideia de propriedade coletiva do trabalho.

Na estrutura em rede, em vez de atores organizacionais com papéis fixos, tem-se um conjunto de indivíduos que trabalham cooperativamente. Apesar da propriedade ser coletiva, é frequente a existência de líderes nesses grupos, que na maioria das vezes tem uma função fundamentalmente de iniciador ou motivador dos trabalhos. Exemplos: campanhas publicitárias, construção de software livre, organizações filantrópicas, projetos de cooperação científica.

Novo formato que é muito utilizado por empresas digitais e startups. Nesse formato a empresa possui um núcleo central, o qual é ligado à outras empresas que realizam funções diversas através de home-office ou parcerias.

CEBRASPE (2010):

QUESTÃO CERTA: A estrutura de rede utiliza-se da abordagem de livre mercado para substituir a hierarquia vertical.

QUESTÃO CERTA: Na organização em rede, o poder é mais diluído, e as relações entre os indivíduos dependem cada vez menos da proximidade física.

CEBRASPE (2021):

QUESTÃO ERRADA: As organizações em rede têm como vantagens a facilidade na comunicação, o compartilhamento de conhecimentos e o aumento de custos operacionais e administrativos.

As vantagens da estrutura em redes são:

Custos administrativos reduzidos, pois pode ter uma hierarquia simples de apenas dois ou três níveis hierárquicos contra dez ou mais das organizações tradicionais.

QUESTÃO ERRADA: A gestão de redes organizacionais pressupõe a existência de uma autoridade central e a definição de um único objetivo organizacional.

Não há hierarquia em Redes, e sim uma cooperação entre os participantes para atingir objetivos comuns por meio da descentralização de tarefas e troca de experiências.

QUESTÃO CERTA: A afirmação “Chega-se mais longe cooperando do que espiando o vizinho” evidencia a estrutura horizontal ou em rede, segundo a qual as organizações se centram em suas competências essenciais e complementam suas habilidades com outras organizações parceiras.

Horizontal porque a estrutura em rede não possui hierarquia e nem subordinação, o que há são parceiras e terceirizações! É considerada a estrutura mais orgânica de todas, ou seja, forma adhocrática com equipes de trabalho autônomas, temporárias e multidisciplinares.

QUESTÃO ERRADA: Organizações que busquem inovações contínuas para o mercado tendem a migrar de estruturas departamentais matriciais para estruturas funcionais verticais, o que resulta em ganhos na capacidade produtiva e na otimização de recursos organizacionais.

Organizações que busquem inovações contínuas para o mercado tendem a migrar de estrutura flexíveis, horizontais e em rede, o que resulta em ganhos na capacidade produtiva e na otimização de recursos organizacionais.

QUESTÃO ERRADA: A confusão da cadeia de comando e os conflitos interpessoais constantes são exemplos das consequências da estrutura em rede para as organizações.

Na verdade, não tem nada a ver com o tipo de estrutura organizacional (em rede), mas sim com a departamentalização eleita. Esse o caso da departamentalização matricial.

QUESTÃO ERRADA: A organização em rede tem sido um instrumento facilitador na formação de monopólios sobre tecnologias e meios de produção, assim como na exclusão de diversas empresas em diferentes mercados, sendo marcada pela individualidade das organizações.

Errado, a organização em rede não tem sido instrumento facilitador na formação de monopólio.

As suas principais características são:

1) Foco no livre mercado para substituir a hierarquia vertical (a estrutura em rede não gera Monopólio)

2) Integração entre as empresas: os grupos empresariais, por mais que tenham interesses opostos, trabalham de forma integrada.

3) Dependem principalmente (mas não exclusivamente) da tecnologia da informação.

QUESTÃO CERTA: Nas estruturas organizacionais inovadoras, há baixo nível de formalização das relações e a comunicação vertical está restrita à definição de orientações, políticas e diretrizes.

QUESTÃO ERRADA: A organização virtual não representa com propriedade a influência do ambiente em que está inserida e o pensamento sistêmico da administração, visto que, em termos de estrutura, é altamente centralizada, com pouca ou nenhuma departamentalização.

Advertisement

Organização em rede = virtual = modular = celular.

Foca no produto principal e descentraliza (terceiriza) o restante!

QUESTÃO CERTA: Com exceção das atividades centrais do negócio, as organizações podem executar melhor, mais rapidamente e com menores custos, terceirizando todas as atividades restantes a fornecedores e especialistas externos. Esses tipos de organizações são denominados: modulares.

QUESTÃO CERTA: É um tipo de estrutura organizacional que tem como vantagens a competitividade global, a flexibilidade da força de trabalho e a sua estrutura enxuta: estrutura em rede.

QUESTÃO ERRADA: Redes e parcerias são estratégias embasadas na colaboração (em maior ou menor grau), e não na competição entre organizações, com o objetivo de compartilhar recursos e capacidades para atuação no mercado.

“Quando organizações se unem, elas buscam ganhar competitividade perante os seus concorrentes (ainda que da união decorra competição entre elas). Assim, elas se complementam de forma colaborativa por meio das parcerias justamente para que possam focar nos seus pontos fortes (virtudes) e contornar os pontos fracos (fraquezas) via associações. É como numa venda, cada lado quer defender o seu – você tem os seus interesses, e o comprador tem os dele. Ainda assim, isso não os afasta de negociar, isso não impede as partes de prosseguirem com a “parceria mercantilista” (uma precisa da outra de alguma forma para tingirem seus objetivos)”.

QUESTÃO CERTA: As redes organizacionais possuem como característica, dentre outras, um modelo de gestão horizontal, com compartilhamento de conhecimentos.

QUESTÃO CERTA As denominadas redes organizacionais: utilizam o modelo de gestão horizontal, sem controle hierárquico, com interação e compartilhamento de ideias para gerar soluções.

QUESTÃO CERTA: A criação e a gestão de redes organizacionais pressupõem: a interação entre seus membros e a habilidade de construção coletiva fundada na confiança mútua, que caracteriza a presença de capital social.

QUESTÃO CERTA: Na organização em rede, o poder é mais diluído, e as relações entre os indivíduos dependem cada vez menos da proximidade física.

QUESTÃO CERTA: A rede, uma estrutura de comunicação e de gestão aberta e dispersiva, pode ser expandida de forma ilimitada, haja vista o contexto vivenciado pelas organizações que a compõem.

CEBRASPE (2022):

QUESTÃO CERTA As redes organizacionais devem ser compostas por indivíduos em busca de interesses coletivos, que desenvolvam uma confiança mútua e estejam predispostos à cooperação para solução de problemas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui