Elementos do Custo de um Ativo Imobilizado

0
198

Conforme o MCASP:

Um item do ativo, reconhecido como ativo imobilizado, deve ser mensurado no reconhecimento pelo seu custo. Os elementos do custo de um ativo imobilizado compreendem:

a. Seu preço de aquisição, acrescido de impostos de importação e tributos não recuperáveis sobre a compra, depois de deduzidos os descontos comerciais e abatimentos;

b. Quaisquer custos diretamente atribuíveis para colocar o ativo no local e condição necessários para o mesmo ser capaz de funcionar da forma pretendida pela administração;

Para a mensuração inicial do custo de um item de ativo imobilizado pode haver duas alternativas: a do preço à vista ou a do seu valor justo na data do reconhecimento quando um ativo é adquirido por meio de uma transação sem contraprestação. Se o prazo de pagamento excede os prazos normais de crédito, a diferença entre o preço equivalente à vista e o total dos pagamentos deve ser reconhecida como variação patrimonial diminutiva com juros durante o período do crédito.

FGV (2011):

QUESTÃO CERTA: De acordo com o MCASP, os elementos do custo de um ativo imobilizado compreendem o preço de aquisição e quaisquer custos diretamente atribuíveis ao ativo. São considerados custos diretamente atribuíveis, EXCETO:

A) honorários profissionais;

B) custos de frete e manuseio;

C) custos de preparação do local;

D) custos de pessoal alocados na construção;

E) impostos de importação e tributos recuperáveis

FGV (2015):

QUESTÃO CERTA: Em janeiro/20X0 o ente público adquiriu de terceiros um equipamento para compor seu imobilizado, pelo preço de$100.000 para pagamento em cota única daqui a 2 anos, sem juros.

Advertisement

Sabe-se que:

• A administração do ente público considere o prazo de pagamento maior que as condições normais de mercado.

• Se o ente público tivesse comprado esse equipamento numa transação à vista, pagaria somente $90.000.

• No preço estão embutidos impostos recuperáveis que somam $800.

Além do preço de aquisição, o ente público incorreu também nos seguintes custos relativos à aquisição desse equipamento:

• Frete e seguro do frete (do estabelecimento fornecedor ao seu) = $2.000

• Impostos não recuperáveis = $1.300

• Instalação do equipamento = $8.000

Finalmente, em 01/Fevereiro/20X0 a instalação do equipamento foi concluída e esse ficou disponível para uso pelo ente público conforme objetivado por sua administração.

O valor do custo de aquisição (mensuração inicial) de item de imobilizado que o ente público deveria reconhecer em seu balanço patrimonial em conformidade com a Portaria STN nº 700, de 10 de dezembro de 2014, é: $100.500;

Este reconhecimento é análogo ao reconhecimento de ativos imobilizados na contabilidade empresarial.

Ativo imobilizado: R$ 100.000 – 10.000 (juros) = R$ 90.000 (valor justo)

– Impostos recuperáveis: R$ 800,00

+ custos atribuíveis: 1.300 + 2.000 + 8.000 = 11.300

= Valor do Ativo: 90.000 + 11.300 – 800 = R$ 100.500

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui