Amostragem Aleatória Simples – O Que É?

4
686

A Amostragem Aleatória Simples é o tipo ou espécie de amostragem mais simples de todas (já diz o seu nome). Como já dito, em outras oportunidades, aqui, no Caderno de Prova, amostragem é o método em que selecionamos uma porção da nossa população – por exemplo, de mil livros, pegamos 350. Isso, pois desejamos avaliar essa população a partir apenas dessa amostra de 350 – para fins de viabilizar o estudo. É que, de certa forma, seria uma loucura avalia os mil livros. Um exemplo prático disso é o sorteio (do bingo). Rodamos aquela gerigonça e sorteamos uma bolinha. A bolinha sai do cesto e não a devolvemos.

Veja como a CEBRASPE / CESPE cobra isso em suas provas:

QUESTÃO CERTA: Ao determinar a extensão de um teste de auditoria ou método de seleção de itens a serem testados, o auditor pode empregar técnicas de amostragem. Quando o auditor realiza o sorteio, sem reposição, das transações que serão auditadas, ele usa a seleção de amostra: aleatória.

Sim, aleatória quer dizer: sem preferência, sem critério, se predileção, sem discriminação. É por isso que damos o nome de amostra aleatória: ela não detém vício.

Observe o que diz a UERJ sobre esse tópico: é a técnica básica de amostragem. Corresponde a uma amostra de elementos retirados ao acaso da população, isto é, cada indivíduo é escolhido completamente ao acaso e cada membro da população tem a mesma probabilidade se ser incluído na amostra. Cada amostra de tamanho n tem a mesma probabilidade de ser escolhida.

Advertisement

Outra definição da UFES diz: é aquela em que toda amostra possível de mesmo tamanho tem a mesma chance de ser selecionada a partir da população.

Mas queremos saber, mesmo, é da amostra aleatória simples, não é? Vejamos uma questão, da mesma examinadora, que aborda esse tema de forma ainda mais técnica:

QUESTÃO CERTA: Uma das vantagens da amostragem aleatória simples é a sua aplicabilidade para variáveis que apresentam distribuição gaussiana.

Quem não é lá muito fã da disciplina Estatística tem as suas razões de estranhar o que foi afirmado acima.

Confesso que não sou muito chegado em textos da Wikipedia, mas para simplificar a conversa, segue trecho:

Em Estatística, uma distribuição amostral é a distribuição de probabilidades de uma medida estatística baseada em uma amostra aleatória. Distribuições amostrais são importantes porque fornecem uma grande simplificação, usada para inferência estatística.

A distribuição gaussiana (ou distribuição normal) é recomendada para a aplicação da amostragem aleatória simples.

Resumo: lembrar que, na amostragem aleatória simples, todos os elementos tem a mesma chance de serem escolhidos e é recomendável na distribuição normal (de sino ou de Guass).

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui