Teste de Superavaliação de Despesas

0
1058

Como consequência do princípio contábil de partidas-dobradas, todo e qualquer registro contábil feito de maneira incorreta afeta uma ou mais contas. Uma forma de o auditor averiguar se os valores refletem adequadamente a situação financeira consiste na aplicação de testes de superavaliação e subavaliação.

Advertisement

QUESTÃO CERTA: Para um teste principal de Superavaliação de Despesas, com teste secundário de Subavaliação de Ativo, um exemplo de erro que não é verificado no resultado é: Imposto sobre vendas, contabilizado como despesas de vendas.

QUESTÃO CERTA: Em um teste para avaliar se há superavaliação, o Auditor deve: partir do valor registrado no livro razão e comparar com o documento-suporte da transação. 

O saldo de uma conta do BP ou da DRE pode estar errado para mais (superavaliado), ou para menos (subavaliado).

TESTE PARA SUPERAVALIAÇÃO:

– Dirigidos principalmente para as contas devedoras (normalmente, as contas do ativo e despesas).
– o auditor parte do valor registrado no ‘razão geral’ para o documento-suporte da transação.
RAZÃO  >  >  >  DOCUMENTO

TESTE PARA SUBAVALIAÇÃO:
– dirigidos principalmente para as contas credoras (geralmente, contas de passivo e receitas).

– O auditor parte do documento-suporte da transação para o valor registrado no razão-geral.

DOCUMENTO > > > RAZÃO

O macete que eu criei para não me confundir em questões de testes de sub/superavaliação é: comece sempre por onde está o maior valor.

O livro razão é composto pelo conjunto de contas contábeis e é um “índice” para todas as transações que ocorrem em uma companhia. É chamado de ferramenta de ordem sistemática, enquanto o livro diário, seria a ferramenta contabilística de ordem cronológica.

QUESTÃO CERTA: Ao auditar as demonstrações contábeis de 31/12/X1 de uma empresa, o auditor independente constatou que a despesa com perdas estimadas com desvalorização do estoque não havia sido reconhecida no ano de X0, de modo que o estoque inicial estava superavaliado no ano de X1. Todo o estoque foi vendido no ano de X1. O auditor deve relatar que, no ano de X1: as despesas administrativas estão superavaliadas.