Planejamento do trabalho da Auditoria Interna

1
288

12.2.1 – Planejamento da Auditoria Interna

12.2.1.1 – O planejamento do trabalho da Auditoria Interna compreende os exames preliminares das áreas, atividades, produtos e processos, para definir a amplitude e a época do trabalho a ser realizado, de acordo com as diretrizes estabelecidas pela administração da entidade.

12.2.1.2 – O planejamento deve considerar os fatores relevantes na execução dos trabalhos, especialmente os seguintes:

a) o conhecimento detalhado da política e dos instrumentos de gestão de riscos da entidade;

b) o conhecimento detalhado das atividades operacionais e dos sistemas contábil e de controles internos e seu grau de confiabilidade da entidade;


c) a natureza, a oportunidade e a extensão dos procedimentos de auditoria interna a serem aplicados, alinhados com a política de gestão de riscos da entidade;

d) a existência de entidades associadas, filiais e partes relacionadas que estejam no âmbito dos trabalhos da Auditoria Interna;


e) o uso do trabalho de especialistas;

f) os riscos de auditoria, quer pelo volume ou pela complexidade das transações e operações;


g) o conhecimento do resultado e das providências tomadas em relação a trabalhos anteriores, semelhantes ou relacionados;


h) as orientações e as expectativas externadas pela administração aos auditores internos; e


i) o conhecimento da missão e objetivos estratégicos da entidade.

QUESTÃO ERRADA: A definição do volume de informações necessárias à demarcação dos objetivos gerais da auditoria independe do conhecimento específico das peculiaridades da entidade que se pretende auditar.

QUESTÃO CERTA: O planejamento da auditoria interna deve considerar diversos fatores relevantes na execução dos trabalhos, entre eles, o uso do trabalho de especialistas.

QUESTÃO ERRADA: Ao elaborar o planejamento de uma auditoria, o auditor deve preparar programas de trabalho por escrito, detalhando o que for necessário à compreensão dos procedimentos que serão aplicados, quanto a natureza e oportunidade; a extensão dos procedimentos, porém, somente deve ser estabelecida após o início dos trabalhos, quando o auditor terá a oportunidade de verificar a necessidade de volume de procedimentos a adotar.

QUESTÃO ERRADA: Terminada a auditoria, o auditor deve buscar as associações existentes entre as partes relacionadas das demonstrações contábeis.

Advertisement

QUESTÃO CERTA: A execução dos trabalhos de auditoria é dividida em fases. O conhecimento detalhado da política e dos instrumentos de gestão de riscos do ente auditado é elemento que deve ser verificado na fase de: planejamento de auditoria.

QUESTÃO ERRADA: Um dos requisitos para assegurar a necessária independência técnica aos auditores internos é a garantia de que, no planejamento de seu trabalho, eles não serão influenciados pelas orientações emanadas da administração da entidade e, eventualmente, por suas expectativas.

A questão refere-se ao item 12.2.1 da NBC TI 01:

O planejamento deve considerar os fatores relevantes na execução dos trabalhos, especialmente os seguintes:

h) as orientações e as expectativas externadas pela administração aos auditores internos.

QUESTÃO CERTA: O planejamento deve considerar todos os fatores relevantes na execução dos trabalhos, à exceção de um. Assinale-o.

A) O conhecimento detalhado das práticas contábeis adotadas pela entidade e as alterações procedidas em relação ao exercício anterior.

B) O conhecimento detalhado do sistema contábil e de controles internos da entidade e seu grau de confiabilidade.

C) Os riscos de auditoria e identificação das áreas importantes da entidade, quer pelo volume de transações, quer pela complexidade de suas atividades.

D) A natureza, a oportunidade e a extensão dos procedimentos de auditoria a serem aplicados.

E) A inexistência de entidades associadas, filiais e partes relacionadas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui