Planejamento auditoria: atividades, economia, legislação

0
182

QUESTÃO CERTA: Antes de iniciar uma auditoria, o auditor independente deve avaliar os níveis de inflação, crescimento, recessão, deflação, desemprego e a situação política do setor econômico da entidade a ser auditada.

FATORES ECONÔMICOS

15. Para o auditor independente completar o conhecimento do negócio da entidade a ser auditada, deve avaliar os fatores econômicos desta, abrangendo:

a) o nível geral da atividade econômica na área de atuação da entidade e fatores que podem influenciar seu desempenho, tais como níveis de inflação, crescimento, recessão, deflação, desemprego, situação política, entre outros;

b) as taxas de juros e as condições de financiamento;

 c) as políticas governamentais, tais como monetária, fiscal, cambial e tarifas para importação e exportação; e

d) o controle sobre capitais externos.

QUESTÃO ERRADA: Um dos fatores econômicos que precisam ser avaliados pelo planejamento de auditoria são as políticas de negócio dos concorrentes da entidade auditada.

ERRADO

11.4.3.3. Para o auditor independente completar o conhecimento do negócio da entidade a ser auditada, deve avaliar os fatores econômicos desta, abrangendo:

a) o nível geral da atividade econômica na área de atuação da entidade e fatores que podem influenciar seu desempenho, tais como níveis de inflação, crescimento, recessão, deflação, desemprego, situação política, entre outros;

b) as taxas de juros e as condições de financiamento;

c) as políticas governamentais, tais como monetária, fiscal, cambial e tarifas para importação e exportação; e

d) o controle sobre capitais externos.

Advertisement

QUESTÃO ERRADA: As premissas para o planejamento de auditoria, além de incluírem um adequado nível de conhecimento sobre as atividades, a legislação aplicável e as práticas operacionais da entidade, incluem um nível geral de competência de sua administração e prescindem dos fatores econômicos.

O erro da questão está no final, na palavra “prescindir”, que significa “dispensar”. Da forma como foi utilizada no quesito, ela retira os fatores econômicos como premissa a ser considerada no planejamento de auditoria, tornando o item “errado”, pois os fatores econômicos devem estar presentes na fase de planejamento, pois o auditor deve assegurar que existam recursos suficientes para levar a cabo uma auditoria.

11.2.1.2 – O planejamento pressupõe adequado nível de conhecimento sobre as atividades, os fatores econômicos, legislação aplicável e as práticas operacionais da entidade, e o nível geral de competência de sua administração