Objetivo da Auditoria Governamental

1
205

São objetivos e finalidades da Auditoria Governamental:

  • Comprovar a legalidade, legitimidade e avaliar os resultados, quanto à economicidade, eficiência e eficácia da gestão orçamentária, financeira e patrimonial.
  • Verificar o controle e a utilização dos bens e valores sob o uso e guarda dos administradores ou gestores.
  • Examinar os sistemas administrativo e operacional de controle interno utilizado na gestão orçamentária, financeira e patrimonial.
  • Verificar e avaliar os sistemas de informação e a utilização dos recursos computacionais das unidades da administração direta e entidades supervisionadas.

QUESTÃO CERTA: Comprovar a legalidade e a legitimidade dos atos administrativos, bem como proceder à análise das demonstrações contábeis, faz parte dos pressupostos fundamentais da auditoria governamental.

QUESTÃO ERRADA: As auditorias realizadas no âmbito do setor público têm o objetivo único de contribuir para a governança cooperativa, o que é uma vantagem, já que as regras aplicadas pelo auditor serão as mesmas, independentemente do escopo da auditoria.

QUESTÃO ERRADA: O objetivo específico de uma auditoria governamental consiste em encontrar e responsabilizar civil e penalmente aqueles que incorrerem em desvios.

QUESTÃO ERRADA: O objetivo específico de uma auditoria governamental consiste em encontrar e responsabilizar civil e penalmente aqueles que incorrerem em desvios.

Advertisement

Esse é o objetivo da persecução administrativa, não da auditoria.

FGV (2009):

QUESTÃO CERTA: A auditoria que atua diretamente sobre a administração da coisa pública e no acompanhamento das ações e dos programas orçamentários empreendidos pelos órgãos e entidades, é conhecida como: auditoria governamental.

A auditoria Governamental é o exame efetuado em entidades da administração direta e indireta, em funções, subfunções, programas, ações (projetos, atividades e operações especiais), áreas, processos, ciclos operacionais, serviços, sistemas e sobre a guarda e aplicação de recursos públicos por outros responsáveis, em relação aos aspectos contábeis, orçamentários, financeiros, econômicos, patrimoniais e operacionais, assim como acerca da confiabilidade do sistema de controle interno (SCI).

Fonte: Prof. Claudio Zorzo (Gran Cursos).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui