Declaração de necessidade ou utilidade pública

0
153

LEI Nº 8.987, DE 13 DE FEVEREIRO DE 1995.

Art. 29. Incumbe ao poder concedente:

IX – Declarar de necessidade ou utilidade públicapara fins de instituição de servidão administrativaos bens necessários à execução de serviço ou obra pública, promovendo-a diretamente ou mediante outorga de poderes à concessionária, caso em que será desta a responsabilidade pelas indenizações cabíveis;

QUESTÃO CERTA: Compete ao poder concedente declarar de necessidade ou utilidade pública, para fins de instituição de servidão administrativa, os bens necessários à execução de serviço ou obra pública.

Compete ao Poder Concedente declara, mas compete à concessionária promover a desapropriação e constituir a servidão, segundo autorização no edital e contrato (da licitação).

QUESTÃO ERRADA: Incumbe ao Poder Concedente declarar de utilidade pública os bens necessários à execução do serviço ou obra pública e promover diretamente as desapropriações, cabendo à concessionária responsabilizar-se pelas indenizações decorrentes.

Advertisement

A concessionária só ser responsabilizará pelas indenizações quando for ela a responsável pelas desapropriações. Se o próprio Poder Concedente desapropriar diretamente, não há que se falar em pagamento de indenizações por parte da concessionária.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui