COSOS: Categoria de Objetivos

1
1131

Categorias de Objetivos Correlatos Apesar da diversidade dos objetivos nas organizações, podemos estabelecer certas categorias mais amplas:

Objetivos Operacionais – relacionam-se com a eficácia e a eficiência das operações da organização, inclusive metas de desempenho e de lucro, bem como reservas de recursos contra prejuízos. Variam de acordo com a decisão da administração em relação à estrutura e ao desempenho.

Objetivos de Comunicação – relacionam-se com a confiabilidade dos relatórios. Incluem relatórios internos e externos e podem, ainda, conter informações financeiras e não financeiras.

Objetivos de Conformidade – relacionam-se com o cumprimento de leis e regulamentos. Em alguns casos dependem de fatores externos e tendem a ser semelhantes em todas as organizações, e em outros casos em todo um setor industrial.

Fonte: COSO-ERM-Executive-Summary-Portuguese.pdf

QUESTÃO ERRADA: A respeito da atividade de controle interno, julgue o próximo item à luz das disposições do Committee of Sponsoring Organizations of the Tradeway Commission (COSO). Caso uma organização descumpra normas contábeis internacionais a que estiver sujeita, haverá, no tocante ao controle interno, comprometimento do alcance de objetivos da categoria informação ou divulgação.

Caso uma organização descumpra normas contábeis internacionais a que estiver sujeita, haverá, no tocante ao controle interno, comprometimento do alcance de objetivos da categoria conformidade/Compliance.

QUESTÃO ERRADA: A respeito da atividade de controle interno, julgue o próximo item à luz das disposições do Committee of Sponsoring Organizations of the Tradeway Commission (COSO). Caso uma organização venha a sofrer fraudes facilitadas pelo uso de relatórios gerenciais elaborados sem a observância de rotinas e padrões estabelecidos pela direção no tocante à confiabilidade dos dados utilizados nos relatórios e das respectivas fontes, então as deficiências dos controles internos comprometerão seus objetivos de compliance.


Na verdade, confiabilidade dos relatórios tem a ver com objetivos de comunicação.

Categorias:

1 – Objetivos operacionais: eficácia e eficiência das operações;

2 – Objetivos de comunicação:  Confiabilidade dos relatórios financeiros; e

3 – Objetivos de Conformidade: com a legislação e regulamentos aplicáveis.

QUESTÃO CERTA: A salvaguarda dos ativos da entidade para evitar perdas ou uso prejudicial dos recursos é um objetivo da atuação do controle interno, sendo o componente relacionado ao ambiente de controle primordial na definição dos riscos para evitar ocorrências indesejáveis.

A salvaguarda de ativos é um dos objetivos do controle interno.

A segunda parte da questão também está correta, já que o ambiente de controle compreende o tom de uma organização e fornece a base pela qual os riscos são identificados e abordados pelo seu pessoal, inclusive a filosofia de gerenciamento de riscos, o apetite a risco, a integridade e os valores éticos, além do ambiente em que estes estão.

GABARITO: Correta!

QUESTÃO ERRADA: Acerca da relação entre os objetivos da organização e as categorias de controle, de acordo com a estrutura integrada do controle interno do COSO, julgue os itens subsequentes. O objetivo de conformidade visa assegurar que todas as transações sejam registradas, que todos os registros reflitam transações reais e que sejam consignados pelos valores e enquadramentos corretos.

Negativo. Objetivo de conformidade é que haja o cumprimento de leis e regulamentos.

QUESTÃO CERTA: Entre as quatro categorias de objetivos organizacionais estabelecidas pelo COSO inclui-se a categoria dos objetivos operacionais, cujo propósito é: utilizar de forma eficaz e eficiente os recursos.

No COSO II as 4 categorias de objetivos são:

Estratégicos: objetivos e metas alinhados à missão da entidade;

Operacionais: utilização eficaz e eficiente dos recursos;

Comunicação: confiabilidade dos relatórios;

Conformidade: cumprimento das leis e regulamentos aplicáveis.

QUESTÃO CERTA: Em geral, os conceitos de controles internos baseiam-se nos estudos do COSO, que é um comitê organizado por várias entidades de classe americanas. Com base nas orientações do COSO, julgue os itens de 41 a 45. Se uma organização adotar ações destinadas a melhorar sua produtividade e seus resultados financeiros, segundo o COSO, a citada organização estará buscando alcançar seus objetivos operacionais.

QUESTÃO CERTA: Para o aprimoramento dos controles internos, é importante que a organização adote um processo de controles internos com foco em todas as categorias de objetivos, a saber: operações, informações e compliance. Nesse sentido, caso uma organização sofra perdas patrimoniais mediante desvio de recursos tais perdas constituirão exemplo de deficiência de controles internos com comprometimentos de objetivos da categoria objetivos operacionais.


QUESTÃO CERTA: A Estrutura Integrada de Controle Interno proposta pelo Committee of Sponsoring Organizations of the Treadway Commission (COSO) apresenta três categorias de objetivos, o que permite às organizações concentrarem-se em diferentes aspectos do controle interno. Os objetivos relacionados à eficácia e à eficiência das operações da entidade, inclusive as metas de desempenho e a salvaguarda de perdas de ativos, referem-se à categoria: operacional.

QUESTÃO CERTA: No modelo COSO, a avaliação de riscos é um dos componentes essenciais de um sistema de controle interno efetivo. Com base nessa informação, julgue os itens subsecutivos. A avaliação de riscos baseia-se nos objetivos operacionais, de confiabilidade das informações e de conformidade com leis, regulamentos e normas.

QUESTÃO CERTA: O gerenciamento de riscos corporativos é um processo conduzido em uma organização pelo conselho de administração, diretoria e demais empregados, aplicado no estabelecimento de estratégias, formuladas para identificar em toda a organização eventos em potencial, capazes de afetá-la, e administrar os riscos de modo a mantê-los compatível com o apetite a risco da organização e possibilitar garantia razoável do cumprimento dos seus objetivos. Com base na missão ou visão estabelecida por uma organização, a administração estabelece os planos principais, seleciona as estratégias e determina o alinhamento dos objetivos nos níveis da organização. Essa estrutura de gerenciamento de riscos corporativos é orientada, a fim de alcançar os objetivos de uma organização. Os objetivos da organização que se fundamentam no cumprimento das leis e dos regulamentos pertinentes, são considerados: De conformidade.

QUESTÃO CERTA: O COSO classifica os objetivos da organização, em relação ao controle interno, em diferentes categorias. A respeito dessas categorias, julgue os itens que se seguem. A categoria informação e comunicação relaciona-se à confiabilidade dos relatórios e das demonstrações financeiras publicadas.

QUESTÃO CERTA: O COSO classifica os objetivos da organização, em relação ao controle interno, em diferentes categorias. A respeito dessas categorias, julgue os itens que se seguem. A categoria conformidade fundamenta-se no cumprimento de leis e regulamentos pertinentes.

QUESTÃO ERRADA: O COSO classifica os objetivos da organização, em relação ao controle interno, em diferentes categorias. A respeito dessas categorias, julgue os itens que se seguem. Dado que, em princípio, as categorias são independentes e não podem ser sobrepostas, o objetivo operacional não pode ser, também, objetivo de comunicação ou de conformidade.

As categorias são interdependentes (por isso que se chama sistema integrado) e não independentes.

QUESTÃO CERTA: Com referência à estrutura integrada de controle interno, regida pelo COSO (Committee of Sponsoring Organizations), julgue os itens subsecutivos. Promover a confiabilidade nos relatórios financeiros é um dos objetivos do controle interno.

QUESTÃO CERTA: Acerca da relação entre os objetivos da organização e as categorias de controle, de acordo com a estrutura integrada do controle interno do COSO, julgue os itens subsequentes. A efetividade e a eficiência operacional relacionam-se com os objetivos de desempenho da organização.

Na Estrutura de Controles Internos – COSO 1, os objetivos são definidos em 3 categorias:

– Operacional (eficácia e eficiência das operações);

– Comunicação (confiabilidade das informações e relatórios); e 

– Conformidade (cumprimento de leis e regulamentações aplicáveis).

Já, de acordo com a Estrutura Integrada de Gerenciamento de Riscos – COSO 2, os objetivos podem ser agrupados em 4 categorias:

– Estratégicos: referem-se às metas no nível mais elevado. Alinham-se e fornecem apoio à missão.

– Operacionais: têm como meta a utilização eficaz e eficiente dos recursos.

– De Comunicação: relacionam-se com a confiabilidade dos relatórios. Incluem relatórios internos e externos e podem, ainda, conter informações financeiras e não financeiras.

– De Conformidade: relacionam-se com o cumprimento de leis e regulamentos. Em alguns casos dependem de fatores externos e tendem a ser semelhantes em todas as organizações.

QUESTÃO CERTA: O Comitê das Organizações Patrocinadoras da Comissão Treadway (COSO, na sigla em inglês) publicou, em 2004, o modelo denominado “Gerenciamento de Riscos Corporativos” (ERM, na sigla em inglês), popularizado como COSO II. Segundo esse modelo, as quatro categorias de objetivos comuns à maioria das organizações são: objetivos estratégicos; objetivos operacionais; objetivos de comunicação e objetivos de conformidade;

A estrutura de gerenciamento de riscos corporativos proposta pelo COSO II é orientada a fim de alcançar os objetivos de uma organização e são classificados em quatro categorias:

1 – Estratégicos – metas gerais, alinhadas com sua missão.

2 – Operações – utilização eficaz e eficiente dos recursos.

Advertisement

3 – Comunicação – confiabilidade de relatórios.

4 – Conformidade – cumprimento de leis e regulamentos aplicáveis.

Dessa forma, concordo com o gabarito.

QUESTÃO CERTA: Em geral, os conceitos de controles internos baseiam-se nos estudos do COSO, que é um comitê organizado por várias entidades de classe americanas. Com base nas orientações do COSO, julgue os itens de 41 a 45. O descumprimento de leis ou normas que regulamentam o negócio de uma organização caracteriza situação conflitante com os objetivos de compliance ou conformidade.

COSO

Realização de Objetivos

Com base na missão ou visão estabelecida por uma organização, a administração estabelece os planos principais, seleciona as estratégias e determina o alinhamento dos objetivos nos níveis da organização. Essa estrutura de gerenciamento de riscos corporativos é orientada a fim de alcançar os objetivos de uma organização e são classificados em quatro categorias:

Estratégicos – metas gerais, alinhadas com o que suportem à sua missão.

Operações – utilização eficaz e eficiente dos recursos.  

Comunicação – confiabilidade de relatórios.

Conformidade – cumprimento de leis e regulamentos aplicáveis.

QUESTÃO ERRADA: Com referência à estrutura integrada de controle interno, regida pelo COSO (Committee of Sponsoring Organizations), julgue os itens subsecutivos. O objetivo principal do controle interno, para proteger o patrimônio da entidade, é identificar eventuais fraudes.

O CEBRASPE adora falar de fraudes em suas provas. Observem que Controle Interno não tem a ver com o serviço de detive que busca desnudar a entidade de modo a encontrar fraude. Controle interno é o nome que damos a simples atos como efetuar registro ou anotação, guardar fichários, documentar papéis – ou seja, é um conjunto de todos os elementos de controle do patrimônio administrado. Esse conjunto mencionado é o objeto da auditoria. À auditoria interna cabe examinar esse conjunto e, caso detectada fraude, ela avisa ao setor responsável pela governança corporativa, por exemplo. Assim, vimos acima que o principal objetivo do controle interno para proteger o patrimônio da entidade é simplesmente efetuar o controle em si, da forma mais acertada.

Além disso, analisando pelo COSO, existem 4 categorias de objetivos (e não objetivo principal), sendo que nenhum deles versa sobre a tal fraude como objetivo principal do controle interno.

O COSO estabelece 4 objetivos para defender o patrimônio:

1) estratégia, como o principal, e os objetivos correlatos:

2) operacionais;

3) comunicação e

4) conformidade. 

QUESTÃO ERRADA: A respeito da atividade de controle interno, julgue o próximo item à luz das disposições do Committee of Sponsoring Organizations of the Tradeway Commission (COSO). Caso uma organização venha a sofrer fraudes facilitadas pelo uso de relatórios gerenciais elaborados sem a observância de rotinas e padrões estabelecidos pela direção no tocante à confiabilidade dos dados utilizados nos relatórios e das respectivas fontes, então as deficiências dos controles internos comprometerão seus objetivos de compliance.

Categorias de objetivos do COSO I:

1. Eficácia e eficiência nas operações;

2. Confiabilidade dos relatórios financeiros;

3. Conformidade com a legislação e regulamentos aplicáveis (compliance)

Acredito que o exemplo da questão se refere à Confiabilidade dos relatórios financeiros (objetivos de Comunicação) e não à conformidade com a legislação conforme afirma no fim do item.

QUESTÃO CERTA: A estrutura integrada de controle interno e gerenciamento de risco proposta pelo Committee Of Sponsoring Organizations of the Treadway Commission (COSO) está baseada em quatro categorias de objetivos. A categoria de objetivo relacionada à sobrevivência, continuidade e sustentabilidade organizacional é o (a): estratégica.

QUESTÃO CERTA: A respeito da atividade de controle interno, julgue o próximo item à luz das disposições do Committee of Sponsoring Organizations of the Tradeway Commission (COSO). Para o aprimoramento dos controles internos, é importante que a organização adote um processo de controles internos com foco em todas as categorias de objetivos, a saber: operações, informações e compliance. Nesse sentido, caso uma organização sofra perdas patrimoniais mediante desvio de recursos tais perdas constituirão exemplo de deficiência de controles internos com comprometimentos de objetivos da categoria objetivos operacionais.

“Perdas patrimoniais por desvio de recursos” comprometem “objetivos operacionais”.

Segundo o COSO, a estrutura apresenta três categorias de objetivos:

1) Operacional – Esses objetivos relacionam-se à eficácia e à eficiência das operações da entidade, inclusive as metas de desempenho financeiro e operacional e a salvaguarda de perdas de ativos.

2) Divulgação

3) Conformidade

O  Controle Interno visa alcançar objetivos em relação as seguintes categorias:

 1- Eficácia e eficiência das Operações

2- Confiabilidade dos relatórios financeiros; e

3- Conformidade/compliance com a legislação e regulamentos aplicáveis.

QUESTÃO ERRADA: O COSO classifica os objetivos da organização, em relação ao controle interno, em diferentes categorias. A respeito dessas categorias, julgue os itens que se seguem. A categoria eficácia e eficiência das operações objetiva organizar os processos internos para a obtenção do menor custo.

“Eficácia e eficiência” não é uma categoria. Elas são apenas recursos usados dentro da categoria Operacionais.

Na Estrutura de Controles Internos – COSO 1, os objetivos são definidos em 3 categorias:

– Operacional (eficácia e eficiência das operações);

– Comunicação (confiabilidade das informações e relatórios); e 

– Conformidade (cumprimento de leis e regulamentações aplicáveis).

Já, de acordo com a Estrutura Integrada de Gerenciamento de Riscos – COSO 2, os objetivos podem ser agrupados em 4 categorias:

– Estratégicos: referem-se às metas no nível mais elevado. Alinham-se e fornecem apoio à missão.

– Operacionais: têm como meta a utilização eficaz e eficiente dos recursos.

– De Comunicação: relacionam-se com a confiabilidade dos relatórios. Incluem relatórios internos e externos e podem, ainda, conter informações financeiras e não financeiras.

– De Conformidade: relacionam-se com o cumprimento de leis e regulamentos. Em alguns casos dependem de fatores externos e tendem a ser semelhantes em todas as organizações.

Essa classificação possibilita um enfoque nos aspectos específicos do gerenciamento de riscos corporativos. Apesar de essas categorias serem distintas, elas se inter-relacionam, uma vez que um dado objetivo poderá estar presente em mais de uma categoria, elas tratam de necessidades empresariais diferentes, cuja responsabilidade direta poderá ser atribuída a diversos executivos.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui