Coprodução Dos Serviços Públicos: O Que É?

0
689

QUESTÃO CORRETA: Serviços públicos devem ser gerenciados e ofertados conforme o princípio da coprodução, segundo o qual os cidadãos se envolvem e participam da construção de excelência e qualidade desses serviços.

A coprodução dos serviços públicos é uma estratégia para a produção dos serviços públicos de que podem participar o aparato público do Estado, as organizações privadas e do terceiro setor, além de arranjos comunitários e do cidadão que, no conjunto, compartilham entre si responsabilidades e poder (SALM, 2014).

O fenômeno da coprodução é identificável na realidade, uma vez que se pode constatar, mesmo de forma empírica, a presença de organizações do terceiro setor, empresas via área de responsabilidade social, comunidades e mesmo cidadãos que, junto com o aparato burocrático do Estado, produzem serviços públicos.

É importante ressaltar que a coprodução dos serviços públicos, nesse momento, tem o corolário de suas premissas ancorado nas demandas da sociedade por mais transparência, eficiência, participação e controle social sobre o aparato burocrático do Estado.

QUESTÃO CERTA: Matias-Pereira (2010) afirma que é importante para a administração pública o desenvolvimento de ações e práticas que envolvam a participação dos cidadãos na formulação e implementação de políticas públicas. Essa participação refere-se a: coprodução de serviços públicos. 

QUESTÃO CERTA: A evolução dos paradigmas da administração pública nos leva a reconhecer nas últimas décadas, no âmbito do Novo Serviço Público, a ascensão do conceito de coprodução. A coprodução pode ser definida de maneira ampla por alguns autores e a sua prática pode variar em diferentes contextos e áreas de políticas públicas. Entretanto, há um consenso do que a coprodução não é, o que ajuda consideravelmente a compreender os contornos desse paradigma.  Nesse sentido, a coprodução pode ser definida como: agentes públicos e cidadãos contribuindo para definição e produção do serviço público.

Advertisement

QUESTÃO CERTA: O modelo do Novo Serviço Público (NSP) tenta se diferenciar do modelo da Nova Administração Pública (NAP) e suas práticas gerenciais, por meio do conceito de coprodução e a parceria entre governo e sociedade. Nesse sentido, o NSP sustenta-se sobre o pressuposto de que: o gerenciamento dos serviços se dá pela aplicação de capacidades, conhecimento e interação com os usuários;

QUESTÃO CERTA: A participação social da população beneficiária na formulação, no acompanhamento, na avaliação e no controle dos serviços sociais diretos, prestados pelo Estado, constitui prática de excelência na gestão de serviços públicos.

A Administração Pública deve identificar quem são seus usuários, quais são suas necessidades, o que tem/gera valor para o usuário, e se os serviços prestados estão atendendo a essas necessidades; o cidadão-usuário, por sua vez, deve conhecer o funcionamento administrativo público, tomar conhecimento de suas dificuldades, identificar quem são os responsáveis pela atuação e pelo controle da Administração Pública, e fiscalizar essa prestação de serviços.