Auditoria Interna e Classificação das Informações

0
217

NBC TI 01 – DA AUDITORIA INTERNA

12.2.3.5 – O processo de obtenção e avaliação das informações compreende:

I – A obtenção de informações sobre os assuntos relacionados com os objetivos e o alcance da Auditoria Interna, devendo ser observado que:


a) a informação suficiente é aquela que é factual e convincente, de tal forma que uma pessoa prudente e informada possa entendê-la da mesma forma que o auditor interno;


b) a informação adequada é aquela que, sendo confiável, propicia a melhor evidência alcançável, por meio do uso apropriado das técnicas de Auditoria Interna;


c) a informação relevante é a que dá suporte às conclusões e às recomendações da Auditoria Interna;


d) a informação útil é a que auxilia a entidade a atingir suas metas.


II – A avaliação da efetividade das informações obtidas, mediante a aplicação de procedimentos de Auditoria Interna, incluindo testes substantivos, se as circunstâncias assim o exigirem.

QUESTÃO CERTA: Um auditor, ao final dos seus trabalhos, reviu as informações consignadas nos papéis de trabalho e concluiu que as informações coletadas eram confiáveis e proporcionaram a melhor evidência alcançável por meio das técnicas que utilizou. Essas informações são classificadas como: adequadas. Parte superior do formulário

QUESTÃO CERTA: De acordo com as normas que regem a auditoria interna, assinale a alternativa incorreta. O processo de obtenção e avaliação das informações compreende a obtenção de informações sobre os assuntos relacionados aos objetivos e ao alcance da auditoria interna, devendo ser observado que: a informação insuficiente é aquela que é factual e convincente, de tal forma que uma pessoa prudente e informada possa entendê-la da mesma forma que o auditor interno.

QUESTÃO ERRADA: Na estrita observância do processo de obtenção e avaliação das informações, uma informação adequada é aquela que, sendo confiável, suporta as conclusões e as recomendações da auditoria interna, independentemente de qual seja a técnica de auditoria utilizada para coletá-la.


Errado, foi citada a definição de informação relevante (dá suporte às conclusões e recomendações da auditoria interna).

QUESTÃO ERRADA: As informações necessárias para o processo de monitoramento devem atender a alguns requisitos. A suficiência é um deles. É classificada como suficiente uma informação relevante para o processo de monitoramento, confiável relativamente à fonte geradora dos dados e tempestiva em relação ao período que se pretende avaliar.

Advertisement

A definição de suficiente não condiz com a norma NBC TI 01. Suficiente é aquela que é factual e convincente, de tal forma que uma pessoa prudente e informada possa entendê-la da mesma forma que o auditor interno;

QUESTÃO ERRADA: Na execução do trabalho da auditoria, o auditor interno deve analisar e documentar informação: necessária — o mínimo para dar certeza sobre a suspeita; apropriada — obtida sem o concurso dos responsáveis pelas operações; material — contendo a maior parte dos valores; e consistente — que é recorrente.

Só existem: informação suficiente, informação adequada, informação relevante e informação útil.

FGV (2019):

QUESTÃO CERTA: Uma das finalidades do trabalho do auditor interno é obter informações sobre os assuntos relacionados aos objetivos e ao alcance da Auditoria Interna. Entre outras qualidades, as informações obtidas precisam ser relevantes, o que ocorre quando a informação: dá suporte às conclusões e às recomendações da auditoria interna.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui