Amostra por conveniência – O Que É?

0
162

Última Atualização 18 de novembro de 2020

Se você chegou até a nossa página procurando pela definição de amostra por conveniência, seja muito bem-vindo (a). Aqui você encontra diversas outras dicas sobre amostra e amostragem.

Segundo Carlos Ochoa da Netquest: “Esta técnica é muito comum e consiste em selecionar uma amostra da população que seja acessível. Ou seja, os indivíduos empregados nessa pesquisa são selecionados porque eles estão prontamente disponíveis, não porque eles foram selecionados por meio de um critério estatístico. Geralmente essa conveniência representa uma maior facilidade operacional e baixo custo de amostragem, porém tem como consequência a incapacidade de fazer afirmações gerais com rigor estatístico sobre a população.”

Como você muito provavelmente sabe, estamos tratando de um tema da estatística relacionado à auditoria. Observe uma questão da banca CEBRASPE / CESPE:

QUESTÃO CERTA: Situação hipotética: Um auditor, trabalhando sozinho na empresa auditada, decidiu avaliar quarenta processos. Para selecionar os processos que seriam avaliados, ele retirou somente os dois primeiros processos de cima de vinte pilhas sequenciadas, cada uma com dez processos, formadas por processos com conteúdos afins. Assertiva: Nesse caso, o auditor, ao valer-se da seleção da amostra por conveniência, atendeu às regras vigentes, mesmo com prejuízo de abster-se da aleatoriedade na obtenção dos itens.

O personagem “retirou somente os dois primeiros processos de cima de vinte pilhas sequenciadas…”. É aquela ideia de prontamente disponíveis – citada no topo dessa explicação ou facilidade operacional.

Resumo: ficar atento quanto à amostra por conveniência e esses dois aspectos suscitados: prontamente disponíveis e facilidade operacional. Não se esqueça de conferir as nossas outras dicas aqui no Caderno de Prova sobre amostras, amostragem e outros temas afetos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui