Teorias De Processo e Teorias De Conteúdo

0
25644

Teorias de Processo: COMO motiva;

Teorias de Conteúdo: O QUE motiva (quais fatores).

TEORIAS DE CONTEÚDO (O que motiva?)

– São estáticas e descritivas

  • Teoria da Hierarquia (Maslow)
  • Teoria Bifatorial (Herzberg)
  • Teoria X e Y (McGregor)
  • Teoria ERC (Cleyton Alderfer)
  • Teoria da Motivação pelo êxito ou medo (McClelland)

TEORIAS DE PROCESSO (Como ocorre a motivação?)

– Mais dinâmicas e definem processos que influenciam o comportamento

  • Teoria da Expectação (Porter e Lawler)
  • Teoria da Expectativa (Vroom)
  • Teoria do Campo (Kurt Lewis)
  • Teoria da Equidade (Stacy Adams)
  • Teoria do Estabelecimento de Metas / definição de objetivos (Edwin Locke)
  • Teoria do Reforço (Skiner)
  • Teoria da Autoeficácia (Bandura)

QUESTÃO CERTA: O objetivo principal das teorias de conteúdo é analisar a motivação com base no estudo dos motivadores do comportamento organizacional.

QUESTÃO CERTA: Alguns teóricos da motivação consideram que as pessoas, em suas escolhas e ações, são direcionadas para a satisfação das suas necessidades. Em consequência, afirmam ser necessário o desenvolvimento de programas que foquem nas necessidades internas dos trabalhadores para motivar os colaboradores das organizações. À luz dos estudos sobre motivação, evidencia-se no texto uma alusão à teoria: de conteúdo.

QUESTÃO CERTA: De acordo com a teoria de Herzberg, os fatores motivacionais relacionam-se com o conteúdo do cargo e com a natureza das tarefas que a pessoa executa e estão ligados à satisfação do trabalhador.

QUESTÃO ERRADA: Os estímulos ambientais, as ações e o comportamento das pessoas, a persistência no comportamento e as recompensas advindas das ações são considerados, pelas teorias de conteúdo, elementos essenciais da motivação, que a caracterizam como processo complexo e dinâmico.

As teorias de conteúdo procuram explicar a motivação apenas a partir dos estímulos ambientais ou daquilo que motiva o comportamento. Os demais elementos motivadores são explicados pelas teorias de processo. Doutrina majoritária.

QUESTÃO CERTA: As teorias motivacionais de conteúdo defendem a priorização das necessidades internas das pessoas como fatores capazes de alavancar o processo motivacional.

As teorias de motivação podem ser divididas em teorias de conteúdo e teorias de processo.

As teorias de conteúdo se concentram nas razões que levam uma pessoa a ficar motivada (seria o QUE motiva alguém – eminentemente de cunho interno).

São teorias de conteúdo: 

A teoria dos dois fatores – Herzberg

A teoria ERC – Alderfer

A teoria da hierarquia das necessidades – Maslow

A teoria das necessidades aquiridas – McClelland

A teoria X e Y – mcgregor

Já as teorias de processo se concentram no modo em que o comportamento é motivado (seria o COMO essa motivação ocorre – eminentemente de cunho externo).

São teorias de processo:

Teoria da equidade – Adams

Teoria da expectativa – Vroom

Teoria do reforço – Skinner

Teoria do estabelecimento de objetivos (Autoeficácia)  – Edwin Locke

QUESTÃO CERTA: As teorias do reforço, das necessidades, da avaliação cognitiva, da equidade e da expectativa são consideradas teorias da motivação.

QUESTÃO ERRADA: A teoria da equidade e a teoria da expectativa podem ser consideradas teorias de conteúdo da motivação no trabalho.

A teoria das necessidades de Maslow é de conteúdo.

QUESTÃO CERTA: As abordagens teóricas sobre motivação são classificadas em dois grupos, a saber: as teorias de processo, que procuram explicar como funciona o mecanismo da motivação, e as teorias de conteúdo, que procuram explicar quais os motivos específicos que fazem as pessoas agirem. Das alternativas a seguir, qual NÃO faz parte do rol de teorias de processo no campo de estudo da motivação? Teoria ERC.

Ela é uma teoria de conteúdo. Para ela, existem três níveis de necessidades: existência, relacionamento e crescimento (explicam o que motiva, e não como se motiva).

QUESTÃO CERTA: Qual das teorias de motivação listadas a seguir é considerada uma teoria de processo? Teoria da Expectativa.

É importante que você aprenda sobre cada uma das teorias aqui no Caderno de Prova para que seja capaz de diferenciar uma da outra em termos de conteúdo e processo.

QUESTÃO CERTA: Uma das classificações feitas pela literatura para distinguir as diversas teorias sobre a motivação no ambiente organizacional, corresponde às Teorias de Conteúdo, que procuram explicar quais fatores motivam as pessoas, dentro do indivíduo ou do ambiente que o envolve. 

Advertisement

QUESTÃO CERTA: Uma das classificações das teorias sobre motivação divide as abordagens em “de conteúdo” e “de processo”. Nesse cenário, a Teoria Bifatorial, preconizada por Herzberg, caracteriza-se como de conteúdo, apontando fatores que causam insatisfação, chamados higiênicos, e os que produzem sentimentos positivos, de motivação.

QUESTÃO CERTA: Considere que determinada organização pretenda enfatizar práticas para aumentar a motivação de seus colaboradores, tomando como base conceitual os preceitos das teorias motivacionais classificadas como de processo. Nesse sentido, a organização poderá se basear na Teoria do Reforço, de Skiner, segundo a qual o reforço condiciona o comportamento, representando o reforço negativo não uma punição, mas sim a remoção de um evento punitivo.

QUESTÃO CERTA: O termo “motivação” possui origem no Latim (movere) e designa a condição que influencia a direção do comportamento humano. O estudo da motivação busca compreender porque, em determinadas situações, os indivíduos escolhem, iniciam e mantêm determinadas ações. Nesse contexto, surgiram diversas Teorias Motivacionais que, conforme a abordagem adotada, podem ser classificadas de diferentes formas. As Teorias que possuem natureza descritiva e procuram explicar quais fatores, internos ou do ambiente, motivam as pessoas, são as denominadas Teorias de conteúdo.

QUESTÃO CERTA: O fenômeno da motivação tem sido estudado sob diferentes enfoques e, nesse sentido, uma das possíveis categorizações das denominadas teorias motivacionais apresenta a divisão entre teorias de conteúdo e teorias de processo, as quais abordam, respectivamente: os fatores que motivam o indivíduo, a exemplo dos ligados à subsistência; os processos cognitivos que influenciam a motivação, a exemplo do reforço positivo.

QUESTÃO ERRADA: A motivação, sob o enfoque das necessidades, enfatiza a influência de valores, crenças e desejos no comportamento humano no trabalho.

Negativo, “influência de valores, crenças e desejos no comportamento humano no trabalho” tem a ver com a forma / o modo como as pessoas são motivadas – traços típicos de teorias de processo. A motivação sob o enfoque das necessidades é um exemplo de teoria de conteúdo.

FGV (2021)

QUESTÃO CERTA: As teorias de motivação, via de regra, foram desenvolvidas com a finalidade de aumentar a produtividade dos colaboradores no ambiente organizacional. Apesar de objetivos semelhantes, cada teoria parte de premissas diferentes e utiliza métodos diversos para chegar a esse resultado: Preconiza que quanto mais um funcionário acredita na sua capacidade de realização de determinada tarefa, mais ele tende a ficar motivado.