Passivo circulante – lançamento

0
119

QUESTÃO CERTA:

D 1.1.1.1.1.xx.xx Caixa e equivalentes de caixa em moeda nacional (F)

C 2.1.2.2.x.xx.xx Empréstimos a curto prazo – externo (P)

Considerando que o lançamento contábil precedente tenha sido feito por um ente da administração pública federal, julgue o seguinte item: A exigibilidade apresentada no lançamento contábil em apreço deve ser classificada como passivo circulante.

1 – Ativo (natureza patrimonial)

2 – Passivo (natureza patrimonial)

3 – Variação Patrimonial Diminutiva (natureza patrimonial)

4 – Variação Patrimonial Aumentativa (natureza patrimonial)

5 – Controles de Aprovação do Planejamento e do Orçamento (natureza orçamentária)

6 – Controles da Execução do Planejamento e do Orçamento (natureza orçamentária)

7 – Controles Devedores (natureza de controle)

8 – Controles Credores (natureza de controle)

As contas ímpares aumentam a débito e diminuem a crédito, pois são contas de natureza devedora.

As contas pares aumentam a crédito e diminuem a crédito, pois são contas de natureza credora.

Advertisement

Análise da questão: ingressou dinheiro no caixa advindo do empréstimo, então aumentamos o nosso ativo a débito (letra D). Igualmente, registramos o empréstimo no passivo (nova dívida), o aumentando (letra C).

O P e F que estão entre parênteses estão ligados ao “Atributo de Contas”, sendo que P significa Patrimonial e F significa Financeiro.

Como trata-se de um passivo de CURTO PRAZO, de acordo com o grau de exigibilidade, ou seja, o prazo de vencimento, deve ser classificado como PASSIVO CIRCULANTE.